O espanhol, radicado em Nova York, pretende resgatar o afeto pela arte de um público, talvez cansado ou desinteressado do universo da arte.

Perez-Barreiro está em São Paulo para uma primeira viagem de pesquisas e afirma que a sua Bienal, a 33ª edição da mostra, não terá um tema e vai destacar um projeto arquitetônico autoral. Ele ainda coloca que a bienal segue um molde diferente, onde seriam articuladas várias exposições individuais de um punhado de artistas.
“Estou querendo questionar todo esse sistema operacional”, diz Pérez-Barreiro. “Não acredito na estrutura de um curador decidindo um tema e procurando artistas para depois ilustrar esse tema. Essa coisa de grande exposição coletiva de lembrar um supermercado ou um zoológico. ”

Modelo Antiquado

“Estou interessado no afeto, que é algo que atravessa toda manifestação artística”, afirma. Ele exalta a necessidade de não se pensar a arte como uma batalha de um tipo de expressão contra outra, por exemplo, da pintura contra a escultura. Para ele, repensar o modelo da bienal é um dos caminhos para que os vários apreciadores consigam sentir as significações de fora dos seus círculos usuais.

“Fazer uma bienal hoje só se justifica pela flexibilidade que ela apresenta para que seja repensada. Não é só quebrar esse modelo para parecer mais legal. ”

Desafios

O primeiro grande desafio de Pérez-Barreiro será articular uma negociação árdua com a direção da Fundação Bienal, pois sua proposta de modelo para o evento colocará o sistema operacional vigente do avesso.
Outro desafio será ao de manter nos três gigantescos andares do pavilhão Oscar Niemeyer sua intenção ideológica. Ele afirma que a escala do local pode ser considerada desumana, que tende a ser impor como arenas preenchidas, quase atulhadas de obras, com o aspecto de supermercado tanto abominado pelo curador.

“Quero que quem entre na Bienal não seja agredido pelo volume de informação. É preservar o olhar numa escala humana, criar uma coreografia da atenção. “

Primeira casa de Gaudí se transforma em museu

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here